Filme da Pixar é banido em países do Oriente Médio

 Filme da Pixar é banido em países do Oriente Médio

Lightyear, não será exibido em pelo menos três países do Oriente Médio (Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Kuwait) por causa das cenas LGBTQ+ e a homossexualidade de uma das protagonistas. A informação é da The Hollywood Reporter.

Disney/Pixar

O filme segue Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (2022), West Side Story (2021) e Eternos (2021) em uma lista crescente de grandes títulos da Disney a serem bloqueados pelos devido à inclusão de cenas LGBTQ+.

A Disney havia pedido para animadores da Pixar cortarem o beijo lésbico do filme. No entanto, após uma reclamação dos funcionários do estúdio, o pedido foi retirado e a cena ficou na versão final.

Durante a exibição dos filmes para as produtoras mundiais, a Pixar nem mesmo teria mostrado Lightyear aos censores da Arábia Saudita, sabendo que ele não seria aprovado sem cortes. Já nos Emirados, o filme foi originalmente liberado para exibição, mas o governo voltou atrás na decisão após protestos de grupos religiosos nas redes sociais.

Disney/Pixar

Em Lightyear, a personagem Alisha Hawthorne (Uzo Aduba) é retratada como homossexual, e seu romance com a esposa é parte importante da trama e da motivação do protagonista Buzz (Chris Evans) para partir em sua perigosa missão no espaço sideral.

Dirigido por Angus MacLane (Procurando Nemo), o filme chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, dia 16 de junho de 2022. Confira o trailer:

QUER APOIAR NOSSO SITE ? FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR.

CHAVE PIX = agnaldofestasbrasil@gmail.com

PAYPAL       = agnaldofestasbrasil@gmail.com

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.