Bitcoin (BTC) sobe e ultrapassa os US$ 42 mil após decreto de Biden

 Bitcoin (BTC) sobe e ultrapassa os US$ 42 mil após decreto de Biden

O mercado de criptomoedas opera hoje em forte alta, com os investidores repercutindo positivamente o decreto do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sobre ativos digitais. O temor de haver uma postura governamental restritiva ao ecossistema foi substituído por um otimismo em torno do amadurecimento do mercado.

O decreto de Biden era aguardado ansiosamente pelos agentes do mercado de criptos. Segundo analistas, ouvidos pela rede norte-americana CNBC, a ordem executiva “tenta resolver a falta de uma estrutura para o desenvolvimento de criptomoedas nos EUA, que poderia deixar a indústria do país para trás do resto do mundo”.

“Os Estados Unidos devem manter a liderança tecnológica neste cenário de rápido crescimento, apoiando a inovação e mitigando os riscos para consumidores, empresas, o sistema financeiro e o clima”.

Ainda segundo a CNBC, o decreto também orienta o governo dos EUA a explorar “a infraestrutura tecnológica e as necessidades de capacidade para uma potencial” moeda digital do Federal Reserve (Fed, o banco central do país).

Em outro comunicado, a secretária do Tesouro, Janet Yellen, afirmou que a ordem executiva “exige uma abordagem coordenada e abrangente da política de ativos digitais”.

“Finalmente a Casa Branca reconheceu com a seriedade necessária o mercado cripto, o que fez o mercado reagir bem em torno de toda a turbulência econômica atual”. 

O fato de os Estados Unidos reforçarem na ordem executiva que o país irá garantir ‘inovação responsável no mercado digital.

Fonte: CoinDesk.

Digiqole ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.